Não é um clichê de paixão adolescente

14:58 13 Comentários -


Por trás do " eu te amo" que tanto me falou em momentos aleatórios eu pensava o por quê de ter escolhido me amar. Nunca cheguei a resposta alguma e nem ousei perguntar, por achar que não deveria. Sou insegura, quis cada vez entender mais a fundo quais eram seus sentimentos por mim. Perdão, mas duvidei algumas vezes do seu amor após ouvir dizerem que só amou uma garota na vida e todas as outras eram por carência.


Chegou por acaso na minha vida e acabou ficando, a propósito, foi o melhor acaso. Tornou-se alguém único, até que... deixei que escapasse entre meus dedos. Foi algo que não afetou só a mim, mas a você também deixando mágoas. Em alguma volta que o mundo deu te encontrei novamente e como quem não queria nada - sabia que ti queria de volta - tentei nos aproximar. Foi como caminhar dentro de um túnel escuro para alcançar a luz ao fim dele, mas nesse túnel, não havia luz e nem certezas.

Nunca pensei que depois disso nos tornaríamos o que nos tornamos, foi tudo tão rápido. A princípio queríamos estar juntos e fugir dos sentimentos, não queríamos perder um ao outro. Mas ai que está o mal de tudo. Você já tinha se tornado importante demais para mim - e eu para você - o que quer que acontecesse, bom ou ruim, afetaria. 

Haviam coisas que me incomodavam e acabava por chorar horas a fio, mas o que eu poderia fazer se seu argumento era apenas "Se tá ruim, me deixa" e definitivamente a última coisa que queria era deixa-lo. Tínhamos o que chegou a ser chamado de "relação", proferido diretamente dos seus lábios. Pensei muito ao ouvir tal palavra. Sim, era uma relação. Não assumida, admito, complicada e cheia de defeitos, mas nada me importava desde que estivéssemos juntos. 

Inevitavelmente eu também tinha defeitos e ações que o incomodavam, e as "merdas" foram acontecendo e junto a elas as brigas. Eu não poderia evitar coisas das quais nem sabia que o afetariam, "Você deveria imaginar" "O que você acha?" "Não me diz que você fez isso", foram frases que ouvi com certa frequência. A culpa dessas falhas não eram de um todo minha, sem uma bola de cristal eu não poderia me privar das coisas por apenas achar que poderiam de alguma forma deixar-lhe mal, eu precisava saber antes que afetasse e nunca me foi dito nada claramente e com antecedência - talvez, insinuado apenas -.

Justo, nada foi justo. O preço para não te perder era caríssimo, e sabendo o quão era importante para mim não se importou de cobra-lo. Entre aceitar e te perder, aceitei mesmo que me magoasse. Seria sua, enquanto você estaria aproveitando sua vida com quem quisesse porque "a vida é curta". Como eu saberia até que ponto importava-se com meus atos quando impôs algo tão horrível que de minha parte foi aceito pelo amor? No início mal ligava para com quem eu falava, para o que eu fazia, tudo isso mudou rápido e sem controle - você era o único que ditava as regras do que queria, sem minha opinião - na verdade, o controle estava em suas mãos e não soube administrar.

Tudo começou a desmoronar e tão rápido quanto nos envolvemos o perdi de novo. Não sei onde começamos a falhar, mas o fim doeu e ficou marcado. As lágrimas que derramei naquela noite não foram suficientes para que a dor saísse de mim. Chorei um oceano inteiro, eu precisava me esvaziar, mas cada centímetro meu tava preenchido por você. Peguei no sono sem perceber e talvez agora eu pudesse descansar um pouco, se não fosse por você também estar nos meus sonhos. Apesar de tudo que nos separou, sei que não sou a única que ainda quer que de alguma forma tudo mude e dê certo. Não sou de desistir fácil de algo que quero e como disse tantas vezes... Eu Quero Você.


Mas se não acontecer,
se não for para ser,
de qualquer forma
obrigada por ser uma das minhas lembranças mais bonitas.


(Primeiro texto da categoria Crônicas&Contos - Fictício)

13 comentários

Escreva comentários
Amanda
Autora
31 de janeiro de 2018 17:41 Apagar

Que texto lindo mas ao mesmo tempo triste. Bem profundo.

Responder
avatar
Carol Araujo
Autora
31 de janeiro de 2018 22:31 Apagar

Seu texto está lindo, de um maneira tocante, são palavras lindas, mas tristes também, pois ele carrega sentimentos fortes e experiências marcantes em cada palavra escrita. Sinceramente parabéns por esse texto bem construído.

Responder
avatar
Jovem Cigano
Autora
1 de fevereiro de 2018 15:38 Apagar

Olá, tudo bem?

Adorei o texto, está bem marcante de uma maneira bem formal, e de fácil entendimento, completamente encatador e tocante, aborda os sentimentos do leitor de uma maneira apaixonante.

Abraços,
jovemcigano.blogspot.com.br

Responder
avatar
Sara Silva
Autora
1 de fevereiro de 2018 18:04 Apagar

É complicado gerir uma relação para a prosperidade, é necessário maturidade entre ambos, muito companheirismo, comunicação e honestidade. A sua relação com ele foi uma verdadeira montanha-russa de emoções e fases mas acho que você aprendeu imenso com isso, e deve prevalecer com você. Mas um conselho, amor, evite continuar nesse sentimento tóxico que provoca lágrimas. As relações não devem ser assim. Por mais que você o queira de volta, você sabe que não é bom para você, nem para ele. Você deve reter as lições e levá-las para alguém que merece o seu tempo e carinho. Fuja disso, meu anjo, você vai encontrar melhor do que alguém que não lhe dá o devido valor, que se entregue unicamente a si.

Responder
avatar
1 de fevereiro de 2018 18:31 Apagar

Que texto lindo, vou mandar pra minha irmã, você tem muito talento <3

Responder
avatar
1 de fevereiro de 2018 22:45 Apagar

AMADA E MEIO COMPLICADO AS VEZES ESPERAMOS RECEBER EM TROCA O CARINHO TEMPO MAS NEM SEMPRE E ASSIM SOMENTE COM A PESSOA CERTA E NEM MESMO COM A PESSOA CERTA ACONTECE

Responder
avatar
Índia C
Autora
2 de fevereiro de 2018 12:25 Apagar

Olá, td bom?

Eu adoro ler esse tipo de textos ♥ E esse é lindo demaaais, mas ao meso tempo triste e tocante. Me sinto um tanto quanto familiarizada até.
Eu realmente nem sei o que dizer... É como disseram ali em cima, é um sentimento tóxico, e acrescento que muitas pessoas tem e guardam isso para si mesmas, o que piora...
bjs

Dê uma olhadinha no meu blog e redes sociais! ❣
Instagram | Blog | A Color Story com o filtros de graça!

Responder
avatar
2 de fevereiro de 2018 19:36 Apagar

Olá!
Eu também gosto desse tipo de texto e achei o seu excepcional. Já acompanhei algumas histórias assim e você disse tudo.
Belo texto.

Abraço!

Responder
avatar
2 de fevereiro de 2018 22:59 Apagar

Me senti familiarizada com o texto. E acho que esses momentos são para a vida toda. Porém, cada amor com o seu ensinamento. Tudo para que possamos evoluir.
Amei o texto, realmente, muito lindo!

Responder
avatar
Abby Anjos
Autora
3 de fevereiro de 2018 00:14 Apagar

Me vi todinha nesse texto hahaha mas confesso que não quero chegar no momento do adeus nunca. As coisas estão tão boas do jeito que está ><

Responder
avatar
Hugo Santos
Autora
3 de fevereiro de 2018 01:31 Apagar

Que lindo, parabéns pelo belíssimo texto!

Responder
avatar
6 de fevereiro de 2018 14:31 Apagar

Oi, tudo bem?
Que texto lindo, acho que ele tem um potencial enorme, ao ler me vi em algumas cenas, e aposto que muitas pessoas se encontraram nesse texto também!

Responder
avatar
21 de fevereiro de 2018 17:40 Apagar

Olá! Seu texto é lindo, cheio de sentimento e toca fundo as pessoas, ótima escrita!

Beijos,
Conta-se um Livro

Responder
avatar